PMERJ: mesmo cobrada, corporação silencia sobre reabertura de concurso

Aguardando reabertura das inscrições

Enviado por: admin em: 06-01-2014 22:43:26 (659 leituras) Polícia Militar do RJ

Concurso da PM-RJ

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) mantém silêncio quanto à reabertura das inscrições no concurso para 6 mil vagas de soldado, ignorando-se, inclusive, o motivo da interrupção, ocorrida já no primeiro dia do prazo. A Assessoria de Imprensa da corporação chegou a informar, extraoficialmente, que o concurso encontra-se temporariamente suspenso devido a alterações que estão sendo feitas no edital. Apesar da garantia de que a seleção será retomada tão logo esses ajustes sejam feitos, com a reabertura do prazo e a definição de um novo cronograma, passados 20 dias a espera de milhares de interessados continua.

Os pré-candidatos cobram uma posição oficial sobre quando o link para inscrição será restabelecido, prazo ainda não informado pela Exatus, que se limita a informar que o problema será solucionado em breve. Os interessados continuam a visualizar o informe de que o link para inscrição encontra-se indisponível. Pelo cronograma oficial, que consta do edital, as inscrições estariam abertas até 16 deste mês. Tão logo o procedimento seja reaberto, o candidato deverá preencher a ficha, imprimir o boleto e efetuar o pagamento da taxa, de R$100, em qualquer agência bancária. Quem não tiver acesso à internet poderá utilizar os computadores disponíveis no Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), entre 9h e 17h, de segunda a sexta, exceto feriados.

Das vagas oferecidas, 5.400 são para homens e 600 para mulheres. Conforme lei estadual, 20% delas são destinadas a negros e índios. Em virtude da natureza do cargo, não há reserva para portadores de deficiência. Anteriormente, a meta era contar com os soldados no combate à violência e, também, para garantir a segurança dos grandes eventos, entre eles a Copa do Mundo, este ano, e as Olimpíadas, em 2016. Para o primeiro evento esportivo, já não será mais possível contar com o reforço dos novos soldados.

Serviço
Inscrições: www.exatuspr.com.br

Exigências: 2º grau e habilitação

Para concorrer ao cargo de soldado é necessário ter o nível médio ou concluí-lo até a data prevista para a pesquisa social. Além da escolaridade, também são requisitos a carteira de habilitação (exceto a categoria A), altura mínima de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens, e idade entre 18 (na matrícula) e 30 anos (até o fim do período de inscrição). Atualmente, o salário é de R$2.382,89, porém os policiais militares terão reajuste em torno de 12%, em fevereiro. Também são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) e trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$750). Os soldados que se voluntariam para trabalhar na folga, no sistema RAS (Regime Adicional de Serviço), recebem R$150 por oito horas/dia e R$225 por 12 horas/dia. São permitidos até oito RAS por mês. Os selecionados terão direito a benefícios como assistência médico- hospitalar (inclusive para os dependentes), alimentação e fardamento, entre outros.

Os candidatos serão avaliados por meio de exame intelectual (prova objetiva e redação) programado para o dia 23 de fevereiro (data que deverá ser alterada, em função do atraso nas inscrições), com duração de cinco horas. O participante deverá optar pela cidade em que será avaliado, de acordo com o item 5.8 do edital. Serão propostas 40 questões, distribuídas por Português (dez), História, Geografia, Sociologia, Informática, Legislação de Trânsito e Direitos Humanos (com cinco questões cada). Também haverá redação, entre 20 e 30 linhas, cujo tema será fornecido na hora. Só serão corrigidos os textos dos 30 mil primeiros classificados. Ainda haverá exame psicológico, exame antropométrico, teste toxicológico, exame médico e investigação social e documental (2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª etapas, respectivamente).

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Enviado por Tópico